BRAIP ads_banner

16 dicas de liderança: orientações para novos líderes

Brenno Ramos
Brenno Ramos
Tempo de Leitura 3 min

Liderar indivíduos é uma tarefa desafiadora. Um bom líder está em constante aprendizado, pois isso implica lidar com pessoas, gerenciar tarefas, mediar situações conflitantes, entre outros aspectos. Pensando nisso, elaboramos este texto, que apresenta 16 dicas de liderança.

LEIA MAIS: Como baixar o colesterol rapidamente? Veja 9 dicas incríveis para reduzir o colesterol

Este conteúdo é direcionado tanto para aqueles que aspiram a cargos de gestão quanto para aqueles que já atuam nessa área, mas buscam aprimorar suas habilidades de gerenciamento de pessoas e do ambiente organizacional. Confira nossas dicas de liderança!

Dicas de liderança: O que fazer?

  1. Empatia: Empatia é uma competência essencial para um líder, pois permite compreender melhor as situações interpessoais ao se colocar no lugar do outro.
  2. Percepção generalista: Um líder deve estar atento ao quadro geral, compreendendo e antecipando as consequências das ações, tanto suas quanto dos liderados.
  3. Equilíbrio emocional: Manter o equilíbrio emocional é fundamental para lidar com os desafios da liderança, envolvendo-se nas conquistas e nos fracassos, mas mantendo-se estável.
  4. Conhecer a si mesmo: O autoconhecimento é essencial para identificar pontos fortes e fracos, aproveitando o melhor de si mesmo para gerenciar a equipe.
  5. Ser honesto e transparente: A honestidade e a transparência constroem confiança e lealdade entre os membros da equipe, além de garantir respaldo para futuros questionamentos.
  6. Capacidade de delegar: Delegar tarefas de forma eficaz é essencial para o bom funcionamento da equipe, aproveitando as habilidades individuais de cada membro.
  7. Desenvolver a comunicação: Uma comunicação eficiente é fundamental para evitar problemas e tensões, sendo importante promover conversas abertas e honestas.
  8. Ser exemplo: Um líder deve ser um exemplo a ser seguido, demonstrando as atitudes que espera ver em sua equipe.
  9. Manter uma postura positiva: Uma postura otimista e esperançosa contribui para motivar a equipe e enfrentar os desafios com determinação.
  10. Saber ouvir: Ouvir feedbacks e valorizar a opinião dos membros da equipe promove um ambiente de colaboração e pertencimento.
  11. Conhecer a equipe: Conhecer as habilidades e personalidades dos membros da equipe é essencial para um gerenciamento eficaz.

O que não fazer?

  1. Impor sua vontade como a única certa: Não utilizar a posição de liderança para impor decisões, mas sim envolver a equipe nas tomadas de decisão.
  2. Criticar publicamente: Evitar corrigir publicamente, optando por abordagens discretas e ponderadas para orientar os liderados.
  3. Adiar tomadas de decisão: Tomar decisões de forma ágil e eficiente, evitando a procrastinação e o desconforto na equipe.
  4. Ficar excessivamente preso às regras: Rever processos e metodologias para permitir que o trabalho flua de maneira mais eficiente, sem se prender excessivamente a protocolos.
  5. Propor metas inatingíveis: Estabelecer metas realistas e alcançáveis, evitando frustrações e pressões desnecessárias na equipe.

    Leia também outras notícias e fique por dentro de tudo que acontece no Brasil e no Mundo.

BRAIP ads_banner

Compartilhe este artigo